Melbourne Recital Centre

28 10 2009

O Centro de Recitais de Melbourne é o segundo maior auditório para apresentações de música clássica de Melbourne. Ele faz parte de um complexo de artes junto com o MTC Theatre Complex e foi inaugurado em 2009. O projeto é bastante ousado, a começar pela concepção dos arquitetos do escritório australiano ARM (Ashton Raggatt McDougall) ao procurarem uma forma significativa de se construir casas de recitais no século XXI que tivessem uma ótima performance acústica. Os arquitetos partiram da tradicional forma de “caixa de sapato”, pois é a forma que os especialistas dizem ter melhor acústica e a partir daí começaram uma batalha desesperadora para negar essa forma. O complexo é formado por dois auditórios, um foyer chamado de The Salon e a sala de espetáculos com capacidade para 1000 pessoas. O palco do salão principal tem de 135m² e pode ser ampliado, adicionando a ele mais 51m², quando necessário, isso acomoda 45 músicos confortávelmente, porém não é indicado para apresentações de orquestras e sim de grupos pequenos.

Melbourne Recital Centre
Cnr Southbank Blv & Sturt St
Southbank VIC 3006, Australia
61 3 9699 3333
http://www.melbournerecital.com.au

Anúncios




Nokia Flagship São Paulo

27 10 2009

A loja Nokia Flagship de São Paulo, foi a primeira loja conceito da marca inaugurada na América Latina. O ambiente foi projetado pelo escritório MW Arquitetura. A loja tem como objetivo fazer com que o visitante entre no mundo da convergência digital, através da integração visual, tátil e sonoro. Esta integração se dá através de sistemas multimídia que são sincronizados com os aparelhos expostos, com a iluminação e com o sistema sonoro, com o objetivo de fazer com que o cliente possa ver as possibilidades dos aparelhos. A Flagship é dividida em dois ambientes, a área de vendas e o discover lounge, entre estas duas áreas há um ambiente com paredes verdes e poltronas, contrapondo a tecnologia com a natureza. É possível identificar a loja rapidamente da rua por sua iluminação de LEDs que mudam de cor através da automação. Essas características fazem com que o cliente e o visitante entrem em contato com um conceito diferente de loja de celular.

Nokia Store SP
Rua Oscar Freire, 849
Jardins – São Paulo/SP
Funcionamento: de 2ª a 6ª feira, das 10h às 20h, e aos sábados, das 10h às 19h.
http://www.nokia.com.br/loja/nokia-store-sp





Neuschwanstein

26 10 2009

O Schloss Neuschwanstein se encontra próximo a cidade de Füssen e Hohenschwangau, no sudoeste da Bavária, na Alemanha. Sua construção começou em 1869 idealizado pelo Rei Ludwig II inspirado pelas operas do compositor Richard Wagner. O castelo não foi desenhado por um arquiteto, mas sim por Christian Jank, um desenhista de cenários teatrais. O castelo não foi concluído, pois o Rei morreu durante a sua construção, apenas 14 salas salas foram finalizadas, as demais permanecem sem decoração. Umas das salas construídas é a Sala dos Cantores que foi construída especialmente para Richard Wagner apresentar suas peças. O castelo fica no topo do desfiladeiro de Pollat, a subida pode ser feita de ônibus, charrete e a pé. As visitas têm hora marcada e são feitas em grupos com guias.

Neuschwanstein
Schlossverwaltung Neuschwanstein
Neuschwansteinstraße 20
D-87645 Schwangau
www.neuschwantein.de







Estação da Luz

23 10 2009

A primeira Estação da Luz foi construída em 1867 pela Estrada de Ferro Inglesa, a São Paulo Railway, e ligava Jundiaí, interior de São Paulo e Santos. Com a expansão das exportações de café, a estação ficou pequena para transportar o volume de mercadorias até o porto de Santos e em 1895 a próspera companhia São Paulo Railway começa, no mesmo local, a construção de uma outra estação, maior e mais imponente. A nova construção foi projetada pelo arquiteto inglês Charles Henry Driver, em estilo neoclássico. Todos os materiais utilizados na construção foram importados da Europa, assim a Estação da Luz foi apenas montada aqui. Em 1946 um incêndio criminoso destruiu uma grande parte da estação restando apenas a ala oeste. Em 1947 a companhia proprietária da estação é nacionalizada com o nome Estrada de Ferro Santos-Jundiaí. Em 1951 ficam prontas as obras de restauração do edifício incendiado, adicionando a ele um outro pavimento e uma plataforma central para utilização do trem metropolitano. A partir desse período o transporte ferroviário entra em decadência no Brasil e com isso a estação e todo o bairro da Luz entram num processo de degradação. Nas décadas de 90 e 2000 a estação passa por um processo de reformas emcabeçadas pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha e a partir daí passa a abrigar o Museu da Língua Portuguesa em seu mezanino. Hoje a Estação da Luz é uma importante ligação do centro de São Paulo com o resto da região metropolitana por interligar as linhas de metro e trem e destaca-se como exemplo de preservação do patrimônio histórico, tendo sido tombada pelo Condephaat em 1982.

Estação da Luz
Praça da Luz, 1
Luz – São Paulo (Metrô Luz)
Telefone: 0800-55-0121
www.estacaodaluz.org.br
Horário: todos os dias, das 4h às 24h





Memorial do Holocausto

22 10 2009

O Memorial do Holocausto de Berlim é, como o próprio nome diz, é um local dedicado a guardar e resgatar a memória das vítimas do Holocausto. A obra é um projeto do arquiteto Peter Eisenman e foi concluída em 2004 e inaugurada em 2005. O memorial ocupa uma área de 19000 metros quadrados que foi coberta com 2711 blocos de concreto de alturas e tamanhos diversos. A idéia do arquiteto era simular as sensações de medo, surpresa e insignificância sentidas pelos judeus. Dessa forma ao caminhar entre os blocos e perceber que esses aumentavam de tamanho até atingirem 2,38 metros, as pessoas perderiam seu senso de direção, pareceriam estar andando em um labirinto, não tendo nenhum ponto visual como referência. Se sentiriam pequenas e confinadas perto do tamanho dos blocos de concreto e também com medo, pelo fato de se cruzar com as pessoas que estariam fazendo o percuso no memorial sem estar esperando por elas. Embaixo dos blocos há um anexo, o “Local de Informação” onde está guardado o nome de todas as vítimas judias conhecidas do Holocausto, fornecidos pelo museu israelense Yad Vashem.

Holocaust Mahnmal
Cora-Berliner-Straße, 10117 Mitte
Berlin, Germany‎





Vale do Anhangabaú

21 10 2009

Desde o início da ocupação de São Paulo, o rio Anhangabaú teve um papel fundamental para o desenvolvimento da cidade, sendo utilizado para navegação de acesso, além de abastecer a população de suas margens. No final do século XIX, devido à expansão da cidade e de seu relevo acidentado, iniciou-se a construção de viadutos. O primeiro a ser construído foi o Viaduto do Chá, fazendo a ligação entre as ruas Direita e Barão de Itapetininga. No início do século XX, com o rio já canalizado, fez-se o ajardinamento do vale, porém sua urbanização efetivou-se apenas nas décadas de 1910 e 1920, com a criação do Parque do Anhangabaú pelo arquiteto francês Bouvard. Em 1938 foi inaugurado o novo Viaduto do Chá, projetado por Jules Martin, e também o novo projeto paisagístico do Vale do Anhangabaú. No Vale está localizado, entre outras edificações importantes, o edifício Mirante do Vale, o maior de São Paulo, com 50 andares e 170 metros de altura. Atualmente, apesar do belo projeto paisagístico, o Vale não funciona tanto como um Parque, dentre vários motivos podemos citar a falta de segurança no local.





Museu de Arte Moderna – RJ

19 10 2009

Criado em 1948, projeto do arquiteto  Affonso Eduardo Reidy (1909-1984), o MAM é parte integrante das transformações culturais do período pós-II Guerra Mundial, que se traduz no crescimento das cidades e na diversificação de seus equipamentos culturais. Conta com exposições, música, teatro, cinema e debates. Inicialmente funcionou em salas cedidas pelo Banco Boa Vista, na praça Pio X, e depois entre os pilotis do Ministério de Educação e Saúde. A atual sede projetada por Reidy se localiza hoje no Aterro do Flamengo, com projeto paisagístico de Roberto Burle Marx. A obra é iniciada em 1954 e concluída em diferentes etapas: o Bloco-Escola em 1958, o Bloco de Exposições em 1967 e o Bloco-Teatro inacabado. Vale destacar no projeto o partido estrutural, as linhas racionalistas que a arquitetura vivenciava na época, auge do modernismo no Brasil, a planta livre do espaço de exposições e a atenção concedida à iluminação. Conta com obras de artistas como Alberto Giacometti, André Lhote, Di Cavalcanti, Lasar Segall, Oswaldo Goeldi, entre outros.

MAM/RJ
Av. Infante Dom Henrique, 85

Centro – Rio de Janeiro/RJ
Telefone: 21 2240-4944‎