Museu de Arte Moderna – RJ

19 10 2009

Criado em 1948, projeto do arquiteto  Affonso Eduardo Reidy (1909-1984), o MAM é parte integrante das transformações culturais do período pós-II Guerra Mundial, que se traduz no crescimento das cidades e na diversificação de seus equipamentos culturais. Conta com exposições, música, teatro, cinema e debates. Inicialmente funcionou em salas cedidas pelo Banco Boa Vista, na praça Pio X, e depois entre os pilotis do Ministério de Educação e Saúde. A atual sede projetada por Reidy se localiza hoje no Aterro do Flamengo, com projeto paisagístico de Roberto Burle Marx. A obra é iniciada em 1954 e concluída em diferentes etapas: o Bloco-Escola em 1958, o Bloco de Exposições em 1967 e o Bloco-Teatro inacabado. Vale destacar no projeto o partido estrutural, as linhas racionalistas que a arquitetura vivenciava na época, auge do modernismo no Brasil, a planta livre do espaço de exposições e a atenção concedida à iluminação. Conta com obras de artistas como Alberto Giacometti, André Lhote, Di Cavalcanti, Lasar Segall, Oswaldo Goeldi, entre outros.

MAM/RJ
Av. Infante Dom Henrique, 85

Centro – Rio de Janeiro/RJ
Telefone: 21 2240-4944‎

Anúncios




Cidade da Música

16 10 2009

O projeto da Cidade da Música no Rio de Janeiro chama atenção por diversos aspectos, sua inserção num grande terreno na Barra da Tijuca, o porte da contrução e pela grande polêmica gerada em torno da obra. Sua construção tem como finalidade recuperar a centralidade daquela área (antigo Parque Trevo das Palmeiras) e interligar as zonas Norte e Sul. O arquiteto francês Christian de Portzamparc foi chamado para realizar a intervenção e, a partir dos desenhos do urbanista Lucio Costa para a área, criou o projeto. O desenho tem referências no relevo característico do Rio de Janeiro, uma marca da cidade e toma como partido a criação de um espaço público com poucos fechamentos que permita uma visão panorâmica do mar, montanha e planície e cria um ambiente propício para a música. O local será a sede da Orquestra Sinfônica Brasileira que criará ali uma escola de música. O complexo possui duas salas de apresentação, uma delas sendo única no mundo com suas características técnicas e a maior da América Latina. Haverá ali também uma biblioteca multimedia, salas de cinema, restaurante e lojas. A polêmica em torno da construção do complexo é devido ao superfaturamento da obra orçada em R$ 80 milhões e com gastos finais de R$ 504 milhões. Quem for ao Rio vale a pena visitar, nem que seja de carro, a Cidade da Música pela sua monumentalidade e para conferir uma intervenção de um arquiteto internacional, ganhador do Pritzker, no Brasil.

Cidade da Música
Av. Ayrton Senna – Barra da Tijuca
Rio de Janeiro – RJ
Telefone: 21 2431-6120